Paróquia Santo Hipólito - Igreja Matriz

A imagem de Santo Hipólito foi encontrada no Rio Das Velhas no final do século XIX por pessoas que prestavam serviços a REFESA. Conta-se que por ocasião das escavações para construção dos pilares que sustenta a ponte que dava passagem aos trilhos da linha da Rede Ferroviária Federal ramal que ligava Corinto a Diamantina encontraram a imagem. A mesma foi reconhecida por alguém de descendência italiana, como Santo Hipólito. pois era conhecida em uma região da Itália, onde Santo Hipólito era venerado. 

Igreja 2
Paróquia Santo Hipólito - Igreja Matriz​

A imagem encontrada fora guardada na casa de um senhor afrodescendente, na localidade de Calonbi, zona rural de Santo Hipólito. Dizem que este senhor tinha o sobrenome Calonbi, era um preto velho. Com o passar do tempo foi construída uma Capela no alto do quebra, mais menos perto do Rio. Aconteceu que na época havia um fazendeiro que era proprietário da Fazenda Porto da manga. O qual prometera doar uma imagem para Capela ,lembrando se da imagem de Santo Hipólito negociou com Sr. Calonbi trocando a Imagem encontrada no Rio Das Velhas por três barris de cachaça, pois este fazendeiro era dono de um alambique onde era produzida pinga. O coronel José Caetano fez a doação da imagem para Capela, que foi inaugurada no ano de 1914, neste ano organizou se uma grande procissão que conduziu a imagem para a Capela. A partir daí todos começaram a frequentar a Capela com grande devoção ao Santo, com reza de terços e festividades diversas, tendo Santo Hipólito com protetor. Esta Capela foi destruída por um raio, mas a imagem permaneceu intacta, logo construíram outra Capela maior para o Santo, onde eram celebrados as Missa e realizados todos os atos inerente à Igreja Católica. Em 1966, nova tragédia: um raio atingiu também está igreja trincando as paredes, quebrando imagens enfim abalando a estrutura da mesma que foi interditada e, posteriormente demolida. A imagem foi transferida para a Capela Nossa Senhora das Dores, conhecida com Capelinha, até que fosse construída a atual Matriz, inaugurada no dia 12 de outubro de 1998. Nesta data ,a imagem de Santo Hipólito, em procissão, com a presença do senhor Arcebispo, do Administrador Paroquial Pe. Geraldo Sá.